top of page

Família bendita: trilhando o caminho do amor e da Fé

A passagem de 1 Coríntios 13:1-13, conhecida por muitos como o "capítulo do amor", nos apresenta uma visão profunda sobre a importância do amor em nossas vidas e, especialmente, em nossas famílias. Neste encontro, exploraremos o tema "Família Bendita, um caminho a percorrer", e a Palavra de Deus nos mostra um caminho de excelência que é pavimentado pelo amor.


No versículo 13 desse capítulo, encontramos três elementos fundamentais que são essenciais para fortalecer e enriquecer os laços familiares:


1. Permanência da Fé - "Agora permanecem a fé, a esperança e o amor." A fé é o alicerce que sustenta nossas esperanças. Hebreus 11:1 nos lembra que a fé é a certeza daquilo que esperamos, a convicção do que não vemos. No contexto familiar, a fé nos convida a acreditar que Deus pode transformar e restaurar qualquer situação. A vida a dois e a construção de uma família plena requerem essa confiança inabalável. Ao acreditar que Deus tem o poder de trazer mudança e renovação, tomamos a decisão de crer que todas as coisas podem melhorar.


2. Nutrindo a Esperança - "Agora permanecem a fé, a esperança e o amor." A esperança é um elemento vital para a jornada familiar. Nos momentos de incerteza, angústia e desafios, podemos encontrar conforto nas palavras do Salmo 39:7: "E eu, Senhor, em que espero?" A verdadeira esperança é colocar nossa confiança no Senhor, que é nossa esperança constante. Como o Salmo 4:3 nos ensina, apresentamos nossas orações e esperamos no Senhor. A dependência de Deus nos lembra que, mesmo nas tempestades familiares, Ele é nosso refúgio e fortaleza. A esperança nos assegura que, apesar das dificuldades, tudo ficará bem, pois estamos ancorados no amor de Deus.


3. A Supremacia do Amor - "Agora, porém, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três, mas o maior destes é o amor." O amor é o ápice da experiência humana e a essência de uma família bendita. O amor é um presente divino, um fruto do Espírito. Ele transcende o medo e a insegurança, permitindo-nos suportar dificuldades, compartilhar alegrias e apoiar uns aos outros. O verdadeiro amor se alegra nas conquistas do outro e compartilha o fardo do sofrimento. Ele não é egoísta, mas sacrificial. O amor não escolhe a comodidade, mas dá de si mesmo. Quando amamos genuinamente, escolhemos permanecer ao lado daqueles a quem amamos, mesmo nas situações mais desafiadoras.


Assim, ao percorrer o caminho da fé, esperança e amor, podemos construir uma família verdadeiramente abençoada. Orações e crenças fervorosas nos sustentam em momentos difíceis, enquanto a esperança nos lembra da promessa da fidelidade divina. No entanto, é o amor que coroa todas as virtudes. Amar é um ato contínuo de escolhas e sacrifícios. Ele une maridos e esposas, pais e filhos, irmãos e irmãs em um vínculo inquebrável.


À medida que concluímos nossa exploração sobre a família como um caminho de fé, esperança e amor, é crucial lembrar que a construção de relacionamentos sólidos e amorosos é uma jornada constante de autodescobrimento e empatia. Assim como o autor Eric Berne propõe em suas teorias sobre a análise transacional, podemos aplicar um exercício terapêutico para aprimorar nossas interações familiares.


O "Jogo do Eu" de Berne nos convida a refletir sobre os diferentes papéis que desempenhamos em nossos relacionamentos, sejam eles de pai, mãe, filho, cônjuge ou irmão. Ao examinarmos nossos papéis, podemos identificar padrões de comportamento que podem estar afetando nossa família de maneira positiva ou negativa. Este exercício nos ajuda a nos conscientizarmos das dinâmicas que ocorrem entre nós e nossos entes queridos.


Imagine um momento em que você estava em um papel de provedor ou cuidador para sua família. Reflita sobre como essa dinâmica afetou suas interações. Agora, pense em momentos em que você assumiu um papel mais independente ou protetor. Como isso influenciou a maneira como você se comunica com os outros membros da família?


A análise transacional nos ensina que, ao compreender nossos papéis e padrões, podemos escolher conscientemente como agir e reagir em nossos relacionamentos. O exercício terapêutico nos convida a trazer essa conscientização para nossa família, permitindo-nos criar uma atmosfera de compreensão mútua e respeito.


Assim como a fé, a esperança e o amor sustentam uma Família Bendita, a autoconsciência e a comunicação eficaz também são fundamentais para o cultivo de relacionamentos saudáveis. Ao trilharmos esse caminho de autodescobrimento e compreensão mútua, estamos construindo uma base sólida para o amor e a harmonia familiar.


Que essa jornada de autodescobrimento e transformação seja um lembrete constante de que a família é um tesouro valioso, e é através do nosso compromisso mútuo e da busca contínua pela melhoria pessoal que construímos uma Família Bendita que honra a Deus e inspira aqueles ao nosso redor.


Enquanto nos aproximamos do destino deste encontro, recordemos que Deus tem muito a nos oferecer. Abrir nossos corações para Sua Palavra e Sua presença é essencial para colhermos os frutos desse momento. Que esses dias se tornem uma experiência transformadora em nossas vidas, enriquecendo nossos relacionamentos e fortalecendo os laços familiares. Assim como os ingredientes da fé, esperança e amor, trilhar o caminho da Família Bendita requer compromisso, perseverança e, acima de tudo, uma profunda conexão com o amor divino.


Que Deus nos guie nessa jornada e que possamos colher os frutos de um amor que perdura e enriquece nossas vidas.

Pastora Néia Leite

Especialista

ABT 1.0008-SP

Pastora Néia Leite é uma mulher de notável superação e desenvolvimento. Casou-se com o Pastor Valcelí Leite em 1990 e, por uma década, foi proprietária da Clínica Postura em Assis, onde atuou como esteticista e professora de ginástica localizada.

Ordenada pastora em 1998, liderando mais de doze igrejas em capitais brasileiras e outras cidades, incluindo São Paulo, Goiânia, Salvador e Brasília, sendo pastora titular em quatro igrejas, incluindo Taguatinga/DF, Casa Verde/SP, Salvador-IAPI/BA e Lageado/SP.

Seu chamado para o aconselhamento e a cura interior de mulheres e tornou-se uma referência nessa área. Além de sua formação acadêmica em Ciências Contábeis, Educação Física e pós-graduação em Teopsicoterapia, ela está concluindo um MBA em Teoterapia e Competência Emocional.

Lançou os livros "Vencendo o Mal com a Palavra de Deus" compre na Amazon e "Sobre Elas" compre na Amazon , além de criar o Planner Teoterapêutico solicite o seu com frases semanais e meditações mensais.

Atualmente, trabalha profissionalmente no atendimento individual teoterapêutico e lidera quatro grupos de Teoterapia para mulheres.

Ela é mãe de duas filhas, Vitória e Melina, e recentemente se tornou avó de Isaque. Além de suas atividades ministeriais, mantém amizades duradouras e continua a impactar vidas ao redor do mundo através de seu ministério pastoral.

122 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page