top of page

Por que Todos Deveriam Fazer Terapia?

Atualizado: 6 de fev.

À medida que entramos na intricada tapeçaria da psique, guiados pela luz da psicologia e da espiritualidade, torna-se claro que a jornada da terapia é uma trilha fundamental para todos os que buscam um entendimento mais profundo de si mesmos.




Em nosso cotidiano frenético, é comum perdermos de vista a riqueza de nossa própria complexidade emocional e mental. No entanto, como o renomado psiquiatra Augusto Cury nos recorda, "a mente é um terreno vasto a ser explorado, e a terapia é a bússola que nos guia nessa jornada."


Gostaria de desvendar o porquê todos nós, independente de nossas experiências, deveríamos empreender essa viagem rumo à autodescoberta.


Sob a égide de Carl Jung, Alfred Adler e J. W. Schultz, vamos explorar as profundezas da psique humana e entender como suas contribuições ressoam não apenas no campo da psicologia, mas também convergem com sabedoria ancestral registrada nas páginas da Bíblia. Este é um convite para compreendermos a necessidade universal de terapia, uma jornada que nos permite desbravar o território inexplorado de nossas mentes e almas. Junte-se a nós, enquanto abrimos as portas para "O Caminho da Autodescoberta: Por que Todos Deveriam Fazer Terapia?"


Carl Jung. Cury, em sua sabedoria, ressalta que "conhecer a si mesmo é o primeiro passo para a sabedoria", e Jung nos conduz nessa busca intrépida. Ao explorar o inconsciente coletivo e os arquétipos que moldam nossos pensamentos e comportamentos, somos desafiados a confrontar as sombras que habitam nossas mentes. Jung nos lembra que o ato de mergulhar nas profundezas de nossa psique não é apenas uma jornada individual, mas uma exploração de conexões universais e em seu trabalho, encontramos a validação de que, ao desvendar nossos mistérios internos, contribuímos para a tessitura da humanidade. A abordagem de Jung, como Cury sugere, é uma chave mestra para abrir as portas da nossa compreensão pessoal e coletiva.


Já Alfred Adler, um pioneiro que nos incita a buscar significado em cada esquina da vida e nos desafia a enxergar além das superfícies e a compreender que a busca pelo significado é um fio condutor essencial para uma existência plena: "Não é apenas sobre olhar para dentro, mas também para além de si mesmo", Cury sempre faz questão de nos lembrar, e Adler, ao centrar sua abordagem na compreensão das metas e aspirações individuais, nos oferece a perspectiva de que encontrar significado é um ato profundamente terapêutico. Em sua busca incessante por propósito, Adler nos instiga a transcender as limitações que muitas vezes impomos a nós mesmos.


Como Augusto Cury nos conduz por este caminho revelador, chegamos à influência poderosa de J. W. Schultz na construção da auto percepção. Schultz observa e enfatiza que a verdadeira terapia começa quando nos tornamos conscientes de nossos próprios processos mentais. Neste ponto crucial da jornada, somos desafiados a olhar para dentro com um olhar compassivo e sem julgamentos.


Ao entender a importância da auto percepção, Schultz nos convida a sermos observadores imparciais de nossos pensamentos e emoções e ecoando essa perspectiva, podemos nos recordar que a verdadeira liberdade começa quando somos capazes de enxergar além das máscaras que usamos para nos proteger. Neste trecho do caminho, a autenticidade se revela como a luz que dissipa as sombras, permitindo-nos abraçar completamente quem somos.


Ao trilharmos o caminho da autodescoberta guiados pela luz da psicologia e da espiritualidade, torna-se evidente que a terapia é muito mais do que uma jornada, é uma necessidade intrínseca para todos que anseiam compreender a complexidade de suas próprias mentes e almas.


O convite à autodescoberta é estendido a todos, independentemente de suas experiências, pois cada um carrega consigo a riqueza de uma complexidade emocional e mental muitas vezes esquecida no turbilhão do cotidiano para desvendamos os mistérios do inconsciente coletivo e compreendemos que, ao explorar nossas próprias sombras, contribuímos para a tapeçaria universal da humanidade sendo é a chave mestra para abrir as portas de nossa compreensão pessoal e coletiva.


Devemos encontrar a busca incessante por significado, um fio condutor essencial para uma existência plena, que não se trata apenas de olhar para dentro, mas também de enxergar além de nós mesmos sendo nós desafiados a transcender as limitações auto impostas e a encontrar significado terapêutico em cada esquina da vida, mergulhamos na importância da auto percepção, onde a verdadeira terapia começa quando nos tornamos conscientes de nossos processos mentais, sendo observadores imparciais de nossos pensamentos e emoções. A liberdade ecoa, revela-se quando enxergamos além das máscaras que nos protegem, permitindo-nos abraçar nossa autenticidade.


É um convite para todos se unirem a nós nesta exploração inexplorada de mentes e almas, abrindo as portas para o caminho da autodescoberta, uma jornada enriquecedora que nos conduzirá à compreensão mais profunda de nós mesmos e, por consequência, à verdadeira liberdade interior.


Desejo uma ótima semana na Graça.


Nascido em Assis, São Paulo, e atualmente residente em Marília há doze anos, brasileiro. Ele tem sido presidente da ABRATHEO desde 2023 até o presente. Possui graduação em Fisioterapia e é pós-graduado em Acupuntura pela CEATA. Também possui pós-graduação em Terapia Familiar Sistêmica pela Faculdade Iguaçu-PR, Cognitive Behavioral Therapy pelo CBI/Miami-US e Terapia Cognitivo Comportamental pelo Centro Universitário Celso Lisboa/RJ. Além disso, possui um MBA em Teoterapia e Competência Emocional pela Adverbum/PR. Atualmente, atua como Teospicoterapeuta, trabalhando com casais e famílias que enfrentam problemas temporários e precisam de orientação. Ele ministra palestras em todo o Brasil, abordando temas como Educação de Filhos, Internet: um território a ser descoberto pelos pais, Vida Conjugal e A ciência do bem-estar - Evitando a Ansiedade. Anteriormente, ele ocupou o cargo de Superintendente na instituição filantrópica I.E.A.R.C. por 17 anos, onde implantou e gerenciou filiais da instituição em várias regiões do Brasil. Possui experiência na gestão de treinamento de liderança, formação de equipes e palestras motivacionais em quatro estados brasileiros e mais de 30 cidades. Ele também participou e apresentou vários programas de rádio e TV em São Paulo e Salvador. Em Assis, ele implantou uma rádio comunitária e também produziu e gerenciou eventos de grande porte, com mais de 800.000 pessoas, cuidando da divulgação e contratação de prestadores de serviços para esses eventos.

ABT 1.0010-SP

YouTube: @ValceliLeite

Facebook: ValceliLeite


64 visualizações0 comentário

댓글


bottom of page